Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cova d'oiro

... algures na costa portuguesa mesmo a sul da foz do rio Mondego. Era, como se dizia então, um bom pesqueiro. Havia fartura de pescado e as artes, ainda novas e de não fácil manuseio, vinham carregadas até á vergueira

Cova d'oiro

... algures na costa portuguesa mesmo a sul da foz do rio Mondego. Era, como se dizia então, um bom pesqueiro. Havia fartura de pescado e as artes, ainda novas e de não fácil manuseio, vinham carregadas até á vergueira

corda01

25 de Abril

 

Trinta e seis anos depois continua tanto por cumprir.

 

O Desenvolvimento...

 

Que é dele?

Neste frágil e, a um  mesmo tempo, tumultuoso mar em que navegam as contas públicas, a justiça, a educação cívica e os costumes.

Neste afã desmesurado de poder dos média, dos especuladores e de todos os patos bravos que por aí pululam rodeados de extensas e famintas cortes...

 

Onde pára o nosso desenvolvimento cívico?

Em quem o delegámos?

 

Ai, se não fosse a âncora e porto protector da União Europeia, já andaria por aí, algum salvador da pátria a prometer segurança.

 

Lembram-se dos idos anos de 1927?

Porventura não, não se lembram.

Eu, também não, mas está nos livros e foi assim que, mais ou menos, aconteceu!

 

Aconteceu o Estado Novo e ... durou, durou, ai não, que não durou!

 

Exagero?

Se calhar sim!

Se calhar era um bom exercício pensar Portugal, neste momento de fragilidade de contas e de costumes, fora da União Europeia.

 

Exagero?

Humm.. espero que sim!

Se calhar era um bom exercício, cada um de nós pensar no seu próprio papel cívico e social, nisto tudo!

Se calhar era...

Ou não...

 

Mas lembrem-se ...

... na História, nada é dado como adquirido em definitivo, tudo tem de ser conquistado!

 

Passem bem.

 

E Viva o 25 de Abril!

 

Dia Mundial do Livro

 

O Livro é um amigo

Com ele viajamos sem cessar.

Foto sacada da Net

Além do horizonte, além do mar...

 

Ao ler um livro,

Posso ser nuvem que flutua no céu,

Ou barco que corta as ondas de um sereno mar...

A voar, a flutuar,

Ou a cantar, ao lermos um livro

Percorremos um arco-íris nas asas da imaginação!...

 

Um livro pode relatar uma vida

De amor ou de tristeza

Para sempre marcada no nosso coração...

Um livro pode também

Informar-nos da injustiça,

Da angústia, da tristeza

Que rodeia o mundo.

Como névoa

Que se não dissipa!...

 

Afinal, o livro é um amigo... o amigo...

 

 

Um poema de:

JOÃO ANDRÉ SOARES

Idade 14 anos

Escola E.B. 2.3. Grão Vasco, Viseu

 

 

Soneto quase inédito

 

 

Surge Janeiro frio e pardacento,
Descem da serra os lobos ao povoado;
Assentam-se os fantoches em São Bento
E o Decreto da fome é publicado.

Edita-se a novela do Orçamento;
Cresce a miséria ao povo amordaçado;
Mas os biltres do novo parlamento
Usufruem seis contos de ordenado.

E enquanto à fome o povo se estiola,

Certo santo pupilo de Loyola,
Mistura de judeu e de vilão,

Também faz o pequeno "sacrifício"
De trinta contos - só! - por seu ofício
Receber, a bem dele... e da nação.

 

 

JOSÉ RÉGIO

Soneto escrito em 1969, no dia de uma reunião de antigos alunos.

 

Analogias???

 

 

 

O poder da vírgula

 

Vírgula pode ser uma pausa... ou não.

foto de João Pita

 


Não, espere.
Não espere.
 
Ela pode sumir o seu dinheiro.
23,4 €
2,34 €
 
Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.
 
Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.
 
E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.
 
Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.
 
A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.
 
A vírgula pode condenar ou salvar.
Não tenha clemência!
Não, tenha clemência!
 
Uma vírgula muda tudo...

 

Teste. Onde colocava a vírgula na seguinte frase...?
 
SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE GATAS À SUA PROCURA.
 
Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.


Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM. (ou não, digo eu!)

(recebido por mail)

 

 

Caravela Sagres St MManuela e Creoula

Mais sobre mim

foto do autor

Pescadores, Cédulas marítimas

painel06

Links

Identidade

Pescadores da Cova-Gala, *****Cédulas marítimas *. Videos

Videos

Músicas roladas n'areia

Viagens passadas

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.