Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cova d'oiro

... algures na costa portuguesa mesmo a sul da foz do rio Mondego. Era, como se dizia então, um bom pesqueiro. Havia fartura de pescado e as artes, ainda novas e de não fácil manuseio, vinham carregadas até á vergueira

Cova d'oiro

... algures na costa portuguesa mesmo a sul da foz do rio Mondego. Era, como se dizia então, um bom pesqueiro. Havia fartura de pescado e as artes, ainda novas e de não fácil manuseio, vinham carregadas até á vergueira

corda01

Sem à dita de Aquiles ter Inveja!

 

"... que Alexandre em vós se veja,
sem à dita de Aquiles ter inveja!"

 

Sim, é verdade, é isso aí.
Nem mais!
São as duas últimas estrofes de Os Lusíadas.
E porque raio de acaso ou propósito o Grande Luis de Camões teria escolhido a palavra inveja para terminar a sua tão grande obra?

Eu sei lá.
Pergunto-vos!
Vós sabeis?
Duvido, ou talvez não, se calhar até sabem ou calculam, ou por ex.; têm um "supônhamos".

Suponhamos então que o Camões tinha razão. Havia e ainda hoje há muito invejoso por aí.

Eles pululam em tudo quanto é sitio, local, família, profissão, classe, casta, elite, religião, credo polititico e ou religioso.
Resumindo; ele, o invejoso, pulula aqui e ali e aí também, pois então. O que é que pensa? Que escapava?
Não, não escapa não!
O invejoso está em todo o lado.
Invejoso que se preze é invejoso e ponto final.
Não tem explicação!
Vai ao ponto de ter inveja de si próprio.
Ah, o quê! Esta a rir-se. Não acredita?
Ai não?
O quê, ainda não reparou e analisou o invejoso olhando para a sua própria sombra?
Ele pára, olha a própria sombra e exclama invejoso:
- Porra pá! Porque é que tu cresces enquanto o sol orbita e eu não? Mas quem pensas tu que és ó sombra?
Não tens nada de crescer sem eu crescer também!
Ouviste?
Só cresces se eu crescer!!!
Não tens nada que crescer! Eu sim, que te dou forma, eu é que mereço crescer e tu não!

Se calhar exagero, mas sei que todos nós temos aquele amigo invejoso, um pouco ou mais ou menos invejoso, mas invejoso afinal.

E ao contrário do que pensam, não o devemos hostilizar ou afastar. Ao invés, temos de continuar e a fomentar essa amizade.

A inveja só mal faz ao próprio invejoso e aos amigos que ele tem.

 

Não ao amigo que nós somos!

 

 

Caravela Sagres St MManuela e Creoula

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

João Pita

painel06
painel06
painel06

Links

Identidade

Pescadores da Cova-Gala, *****Cédulas marítimas *. Videos

Videos

Músicas roladas n'areia

Viagens passadas

painel06

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.